#Resenha Um Cocheiro em Paris #3/4

Oi amigos, hoje tenho a resenha de mais um romance de época nacional. Desta vez é a continuação da série O Quarteto do Norte da Chirlei Wandekoken. espero que gostem!
Um Cocheiro em Paris - #3 série O Quarteto do Norte - Chirlei Wandekoken
86 páginas - Pedrazul Editora
Que Oliver Ashile Stanhope, o duque de Belvior sempre foi um mulherengo, todos sabiam e o próprio nunca escondeu. Mas até ele sabia que o fato de está fugindo nu pela janela de uma de suas amantes não era o mais correto a se fazer... Mas, diante dos fatos, e para manter a própria pele a salvo, o melhor mesmo era catar suas roupas e fugir pilotando a própria carruagem.
E foi assim, todo bagunçado, que ele conheceu Harriet Neville, a prima prometida de seu grande amigo, o conde de Northumberland, que acabara de sofrer um acidente com a carruagem em que estava.
Devido aos acontecimentos, Harriet acabou pensando que Belvior fosse apenas um cocheiro. Isso no entanto, não impediu que a jovem se interessasse por ele. Na verdade, o interesse foi mútuo. E aqui, entra o "X" da questão... Se de um lado Harriet precisará enfrentar os costumes da época e aceitar casar-se com um simples cocheiro, mandando às favas seu casamento combinado desde o berço com um duque, do outro temos Belvior tentando decidir se é possível uma mulher se interessar por ele e não apenas pelo seu título, e neste processo, roubar a noiva do melhor amigo.
Nesta dança das cadeiras, temos algumas surpresas pelo caminho, e um fato que adorei, Harriet é totalmente fora dos padrões de beleza, o que encantou ainda mais Belvior. Na verdade, por conta de um trauma de sua infância, ele foge das mulheres tidas como "belas", e fica bem revoltado toda vez que vê alguém, principalmente o pai de Harriet, dizendo como ela é feia ou algo do gênero. Ou fato que amei em Belvior, foi ele não se importar, apesar de ter ciúmes, se Harriet não fosse mais virgem. Poucos, na verdade, raros, seriam os homens que aceitariam isso nesta época em questão.
Uma leitura cujo o enredo transcorre paralelamente ao volume 1 A Estangeira, por isso, quem leu, vai perceber algumas passagens e um outro ponto de vista da história anterior.
Eu gostei dos personagens e da forma como o enredo foi se desenvolvendo, apesar de ter achado o final um pouco rápido. Mas, sendo o livro tão curtinho, devo avisar que não houve pontas soltas, e a história acaba cativando pelo amor existente entre os personagens. Uma série que recomendo, e que agora parto para o último volume.

Perdeu as resenhas anteriores? Então clique abaixo e leia!


40 comentários:

  1. Amei a resenha, ainda não conhecia esse livro!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Monyque.
      Bjs, rose

      Excluir
  2. Ros,e você sempre trazendo ótimas dicas! especiais mesmo e super diferentes!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Comecei a transpirar logo que li: "roubar a noiva do melhor amigo". — Epah! Mais uma desses?! — Pensei.
    Desconhecia tanto o autor quanto o livro, mas agora tenho um interesse enorme em ler os livros.

    Rose, obrigada por partilhares seu parecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudia, este roubar a noiva do amigo é bem relativo viu, entenderá melhor quando ler.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Já tinha visitado seu blog antes e gosto de suas dicas. Um cocheiro em paris me pareceu uma destas boas dicas. Está entrando na minha lista de leitura. Obrigada pela indicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Mairilene, fico feliz em saber que gosta deste cantinho.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Adoro romances de época, e não conhecia essa série, já está anotado aqui. Sua resenha foi muito legal, despertou minha curiosidade em relação a essa história. Aguardo a resenha do terceiro. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar que logo trago a próxima, mas na verdade, este é o terceiro. O próximo já será o quarto e último livro.
      Bjs, Rose

      Excluir
  6. Gostei de sua resenha, bem objetiva. Só não gosto mesmo de romances de época... Essa premissa de "ele é um cafajeste e ela vai lhe mostrar o amor verdadeiro" realmente não me convence. Enfim, dessa vez, não vou pegar a dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, digamos que aqui, houve uma boa troca. Ele vai mostrar para ela que não deve ter vergonha dos seus próprios desejos... Não há intenção dela em mostrar o amor verdadeiro para ele, até porque ele não escondeu que gostava dela. O que pesa entre os dois seria a diferença social que ela acha ter.
      Bjs, rose.

      Excluir
  7. Adorei a sugestão de leitura, Anotei a dica e espero conseguir em breve.
    Achei sua resenha clara e objetiva e isso me conquista hahaha

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Clayci, vou procurar manter isso em foco.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  8. Oi, Rose!
    A história parece ser divertida e encantadora ao mesmo tempo, mas infelizmente não é bem o que eu procuro em uma leitura. Eu tenho um leve problema com histórias onde o rapaz (ou a moça) se apaixona pela namorada/noiva/etc do melhor amigo, ou coisas nesse estilo. É pessoal e eu não gosto, acho histórias assim bobas e um pouco ofensivas até.

    Mas para aqueles que não se importam com isso e gostam de romances de época, acredito que irão se interessar pelo livro.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thainá, aqui neste contexto dele se apaixonar pela noiva do amigo, tem uma grande e fundamental diferença entre outros romances. Os dois foram prometidos quando criança, e não tinham nenhuma ligação afetiva, fora o parentesco. Nenhum dos dois desejam o casamento.
      Bjs, Rose

      Excluir
  9. Olá!

    Não conhecia essa série, mas já fiquei interessada. Como fã incondicional dos romances de época, cada dia mais fico atrás deles. Mais legal ainda saber que é nacional (ando amando cada autor maravilhoso nosso!). Sem dúvidas anotei a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda, também saio caçando romances de época.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  10. Oi, tudo bem? Não costumo mais ler esse gênero, porque me enjoei de tanto que o li na adolescência e do tanto que é repetitivo. Não é o tipo de literatura que me atrai, então, vou deixar passar essa dica. Fico feliz que a história não tenha pontas soltas, espero que goste do próximo volume :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nina, entendo, tive uma fase assim também. Parei um bom tempo de ler romance de época.
      Bjs, Rose

      Excluir
  11. Olá Rose,
    Ultimamente estou fugindo um pouco de romances, mas achei muito legal saber que esse acontece em paralelo ao primeiro livro dessa série. Achei muito bacana o desenvolvimento dos personagens, mas não gostei de o final ter sido corrido :(
    Acho que esse não é um estilo de leitura que vá me agradar muito.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, sim, o final poderia ser mais detalhado, mas pelo menos não ficamos com nada em aberto.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  12. Olá rose, tudo bem?
    Faz muito tempo que não tenho vontade de ler romances, achei a premissa do livro interessante e a sua resenha me chamou muito atenção.

    Beijos e Abraços VIVI
    http://vickyalmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o quarteto Rose, apesar de ter visto algumas coisas sobre o primeiro livro. Adoro livros que nos trazem personagens fora do padrão de beleza, isso encanta mesmo. Que bom que apesar de curto e com final rápido não tenha ficado pontas soltas. Uma ótima dica.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. nossa, bem curtinho mesmo. dá pra ler numa sentada, ne?
    pra quem gosta do gênero,deve ser uma boa pedida de leitura...
    já tinha visto uma das resenhas dos outros livros..
    bjs...

    ResponderExcluir
  15. Eu tenho muita curiosidade com os livros dessa editora, eu gosto muito do gênero e fiquei bem curiosa com essa leitura. Eu ainda não conhecia, mas adorei a sua dica.

    ResponderExcluir
  16. Poxa! Que legal! não conhecia esse livro!
    Amo romance de época e vou com certeza anotar essa dica!
    Adorei a resenha!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  17. O livro não é minha vibe de leitura mas confesso que achei curiosa a perspectiva de beleza que o personagem tem, fiquei imaginando uma sociedade assim, seria bom kkk.

    ResponderExcluir
  18. Olá Rose!
    Sou fã de romances de época e estou bem curiosa pra conhecer a escrita da Chirlei. Parece bem envolvente e com personagens bem construídos.
    Vou procurar pra comprar.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  19. Oi Rose!

    Adoro romances de época, apesar de ter lido bem poucos até agora (pretendo corrigir isso), nunca tinha ouvido falar dos livros e fiquei bastante curiosa.

    Adorei isso de ele acontecer paralelamente aos eventos do primeiro livro. Adoro quando os autores fazem isso

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Rose
    Não conhecia estes livros ainda, mas gosto muito das edições da Pedra Azul!
    Livros de época nacionais são raros e me chamam a atenção.
    Dica anotada. Gostei da sinopse!Quero ler esta coleção
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi Rose!
    Não conhecia nenhum livro dessa série e, como amante de um bom romance de época, já fiquei curiosa. Achei a capa muito bonita e histórias com mulherengos natos que acabam se apaixonando pela mocinha mais improvável sempre me pegam de jeito. Adorei! Já quero ler a série toda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Olá
    Adoro esse tipo de leitura, além de ser simples e rápida me agrada muito o tipo de romance. Vou anotar esse livro para ler depois, pois me chamou muito atenção.

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem Rose?

    Gostei da sua resenha, curta e objetiva. Eu particularmente não conhecia o livro, não conheço a fundo o catálogo da Pedrazul editora. Vou indicar o livro para as meninas do blog, elas adoram romance!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  24. Olá, acho que tenho esse e-book. Amo romances de época e pelo seu post, achei a premissa desse livro e os protagonistas super interessantes, preciso dar um jeito de ler essa história logo.

    ResponderExcluir
  25. Oi Rose. Fiquei surpresa pelas poucas páginas envolvendo o título. Não curti muito a história, apesar de ter ficado curiosa em saber o desenrolar da história e de que forma os dois ficariam juntos já que ela é prometida do amigo, tenho algumas suspeitas. Beijos

    Nara Dias
    www.viagensdepapel.com

    ResponderExcluir
  26. Esse conto parece bem interessante, eu ainda não tive oportunidade de ler os outros, mas sua resenha me deixou bem curiosa, acho que já tinha visto a resenha do primeiro. E o fato de ser um romance de época em menos de 90 páginas me faz imaginar se foi bem construído mesmo assim.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  27. Oi,Rose! Que capa lindaa! Eu não conhecia essa obra, mas já gostei do Belvior haha. Achei bem divertido o modo como o casal se conhece e estou curiosa para saber como será o desenrolar dessa história. A sua resenha está ótima, bjss!

    ResponderExcluir
  28. Olá!

    A autora me é conhecida e acho até que tenho o livro no Kindle rs
    Achei interessante o modo como eles s3 conheceram e estou curiosa com o resto rs


    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Que lindo! Adoro romances de época, e esse com certeza vai para a minha lista de desejados. Adorei saber um pouco do que você achou.
    Beijos. Versos da Alma

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.