#Resenha O Crime do Vencedor #2/3

Oi amigos, hoje finalmente vou dar sequência em uma trilogia que me encantou em seu primeiro volume. Vamos ver se isso ocorre nesta continuação?
O Crime do Vencedor - #2 Trilogia do Vencedor - Marie Rutkoski
360 páginas - Editora Plataforma 21
Depois de tomar a decisão de ficar noiva do filho do Imperador, Kestrel vê sua decisão ser posta em xeque diariamente. Estava cada dia mais difícil mostrar-se feliz e realizada por conta de um casamento, que no fundo, ela não queria.
Mas, se para manter a salvo Arin e seu povo, ela tivesse que pagar este preço, pagaria.
Agora, instalada e vivendo no Palácio Imperial, em Valória, Kestrel é vigiada diariamente e não tem em quem confiar. Seus passos, gestos e palavras são todos calculados. Ela passa a presenciar o jogo de poder existentes na corte, e liderado por um Imperador frio, calculista e extremamente perverso, onde não há limites para sua sede de poder. O imperador que não pensaria duas vezes em passar por cima do próprio filho, Verex.
Verex, noivo de Kestrel, era o oposto do pai, e pagava o preço por isso. Mais habituado com a mente doentia do Imperador, tentava trabalhar e viver dentro de um limite seguro, sabendo que um dia sua hora iria chegar, e com ela a verdadeira possibilidade de fazer algo concreto.
Demorou um pouco, mas Kestrel e Verex acabaram se aproximando e conhecendo um pouco mais um do outro. Com a aproximação do casamento, ambos queriam uma convivência pacífica. O problema não era eles, e sim o Imperador e seu olhar aguçado. Um olhar que estava ainda mais atento com a presença do governador de Herran, e ex-escravo de Kestrel, Arin.
Sem ter como recusar o convite do Imperador para as festividades do casamento de Kestrel e Verex, Arin e Tensen, o Ministro da Agricultura de Herran, seguiram para capital Valória. Arin quer ver com os próprios olhos a verdade sobre Kestrel, para quem sabe desta forma tirar a jovem valoriana do seu coração. Era também uma boa chance para descobrirem alguns segredos do seu inimigo.
Mas a presença dele no palácio só aumentou os problemas de Kestrel. Não estava sendo fácil para jovem resistir à tentação e continuar fazendo a coisa certa.
Às vezes, achamos que queremos uma coisa, quando precisamos é deixa-la para trás."
Na ânsia de manter Arin a salvo, Kestrel dá um tiro no próprio pé, destruindo seu próprio coração. E mais atolada do que nunca no mundo da espionagem, seus segredos podem vir à tona a qualquer momento. Era preciso muito cuidado. Qualquer passo em falso poderia ser fatal.
Mas Kestrel está cansada e dividida. Os dois homens mais importantes de sua vida, Arin, seu verdadeiro amor, e o General Trajan, seu pai, jamais estariam lutando lado a lado. Para um viver, outro pagaria. E, no meio disso, estava ela, a  futura Imperatriz de um reino movido pela crueldade.
De todos os medos que aterrorizavam Kestrel, ela não imaginava que o golpe mais cruel e mortal viria de tão próximo.
- Kestrel - ele disse -, você partiu meu coração. 
Agora, sozinha e indefesa, ela seria a guerreira que seu pai sempre cobrou que ela fosse. Era hora de sua mente mantê-la viva, pelo tempo que fosse preciso. Ela só precisa aguentar...
Que sequência ótima Marie construiu para sua trama. A história está completamente aberta, e tudo ou nada pode acontecer no próximo e último volume.
Eu tenho para mim que Verex terá uma participação muito importante nesta reta final, assim como acho que Kestrel vai comer o pão que o diabo amassou e pisou. Meu coração está bem apertado por conta disso.
Que odioso é este Imperador, e Trajan, no momento, não está em melhor posição. Mas como ele é um grande estrategista, torço para que haja muito mais do que me aventuro a imaginar.
Minha torcida também fica para Arin enxergar além do que lhe é apresentado, e que não seja tarde demais quando isso acontecer.
Fechando o livro, tem a parte gráfica, que conta com detalhes simples, mas que embelezam e fazem a diferença. A capa é linda e segue sua anterior. As páginas pretas e o mapa completam a charmosa edição.




Para quem gosta de fantasia, com um romance difícil e muito jogo político, esta é sua série.
Perdeu a resenha do livro anterior? Clique abaixo e leia:
Resenha
Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário Livreando 2018 (#DLL2018), no item "autor aniversariante do mês de março".

18 comentários:

  1. Olá!
    Não conheço essa trilogia, logo, não sei como foi o desenrolar do primeiro livro, mas você explicou bem a história do segundo e deu para me situar. Até gostei da história apesar de, ao longo da resenha, ter-me lembrado muito de A seleção... Vou pesquisar mais sobre essa trilogia.

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Eu achei interessante, embora como a outra menina tenha comentado, lembra muito o enredo de A Seleção. Não de todo, mas lembra.

    Achei a ideiq bacana, também não conheço o primeiro volume e isso atrapalha na percepção de saber se é bacana ou não.

    Gostei da sua resenha! :)

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu ainda não li o primeiro livro, mas pelas resenhas que eu tenho visto esse livro é tão bom quanto o primeiro e não caiu na maldição do segundo livro.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Diferente do pessoal, eu acho esse enredo bem original, não me lembra nadinha a seleção, esse livro me parece muito mais cru, sabe? Ainda assim, essa capa remete um pouquinho mesmo hahaha eu sou louca pra ler essa série, adorei que voce discorreu um pouquiho mais sobre e sanou a minha curiosidade.

    ResponderExcluir
  5. Olá Rose!
    Tinha visto sobre essa trilogia, mas confesso que não é meu gênero preferido. Apesar da curiosidade que sinto por causa das capas e por ter um bom desenvolvimento, por enquanto não pegaria pra leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Como eu não conhecia essa série? Preciso muito ler - e para ontem! Não posso deixar passar uma fantasia dessa. Fiquei realmente curiosa para ver se a série é boa assim.
    Adorei sua resenha.

    Beijos,

    www.degradeinvisivel.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Não me interessei muito pela história, mas fiquei curiosa sobre a espionagem. Essa coisa da realeza não faz muito o meu tipo, mas gosto das intrigas haha. A capa é bem atraente, mas não quero ler agora, já tenho outros títulos na minha wishlist.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a série, mas fiquei bastante interessada! Confesso que a resenha me fez lembrar vagamente de A Seleção, mas as histórias não tem nada a ver uma com a outra kkkkkkkkkkkkk só uma lembrança boba. Reino em guerra e tudo o mais.
    Mas parabéns pela incrível resenha!

    Bjs, Abby
    Blog Linhas Tortas

    ResponderExcluir
  9. Oii!

    Eu acompanhei o lançamento dessa obra, mas não cheguei a me interessas muito para ler. Gostei de conhecer mais sobre o enredo e confesso que fiquei meio indecisa em saber que ele é tão aberto. Espero que as respostas venham nas próximas obras!

    A capa é linda, né?

    Bejinhos,

    ResponderExcluir
  10. Amo fantasia... Agora o romance difícil e o jogo político já não me agradam tanto assim... só lendo mesmo pra saber o que vou achar, né?

    ResponderExcluir
  11. Depois de ler essa resenha , preciso ler essa série! Pelo seu post, me parece ser uma trama bem escrita e com personagens super interessantes.

    ResponderExcluir
  12. Acho o trabalho gráfico desse livro tão lindo. Eu já tinha visto algumas resenhas sobre a série. E tenho vontade de ler *_*

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  13. Olá Rose,
    Eu gosto muito de obras com essa premissa e tenho muita vontade de ler esse livro, apesar de eu ter medo de, confessar, ter medo da construção da protagonista, mas, pela sua resenha, acho que eu posso curtir muito essa leitura.
    Amei a resenha e fotos, vou anotar a dica!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. oi
    dessa trilogia, eu li somente o primeiro volume, infelizmente, apesar de bem escrita, não senti vontade de continuar, talvez se eu ler os outros, mais pra frente, eu consiga me conectar melhor a história, na época me que fiz a leitura, estava bem estressada, até fiz resenha lá no blog. meu estresse foi tão grande que até cancelei a parceria com a editora.

    ResponderExcluir
  15. Olá, esse livro me interessa muito mesmo não sendo um gênero que eu não goste muito de fantasia , gostei muito da sua resenha

    ResponderExcluir
  16. Oi Rose, eu sempre achei a capa desses livros linda!
    Acho que ainda não tinha parado para ler nenhuma resenha e olha, gostei bastante do que vi, que trama complexa e frenética pelo que percebi. Adoro leituras assim.
    Beijoos

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem Rose?
    Eu não conhecia essa trilogia, a capa ficou bem legal e gostei da premissa. A sua resenha ficou muito boa e fiquei interessado nessa leitura, ainda mais por ser um livro de fantasia. Dica anotada!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  18. Olá
    muito legal a resenha, parece ser uma leitura bem interessante e forte, não é o que procuro no momento mas gostei do enredo e vou com certeza indicar para meu irmão já que o quero fazer ler mais e é a cara dele

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.