#Resenha Beijo à Meia Noite

Oi amigos! Quem aqui gosta de um conto de fadas??? \0
Se você levantou a mão como eu, então vai querer saber mais sobre este livro da talentosa Eloisa James, que foi baseado no inesquecível Cinderela. Vamos lá?
Desafio à Meia-Noite - #2 Contos de Fadas - Eloisa James
320 páginas -- Editora Arqueiro
ISBN-13: 9788580417784
ISBN-10: 8580417783
Cinderela como todos devem saber é aquela moça que ficou órfã e passou a comer o pão que o diabo amassou nas mãos de sua madrasta má e de suas meias irmãs, e aqui não poderia ser diferente. 
Então temos Katherine Daltry (Kate), que após perder o pai, viu as posses da família irem parar nas mãos de Mariana, sua madrasta. Por conta disso, e  para não ver os inquilinos e empregados da propriedade sofrendo as consequências dos desmandos de Mariana, Kate se viu obrigada a assumir os cuidados do lugar. Ela passou a ser outra empregada de Mariana. Até mesmo seu quarto foi parar no sótão, um lugar apertado, em uma situação que não condizia com sua real condição de nascimento. Mas ela não estava disposta a deixar que nada acontecesse com mais inocentes. 
Na outra ponta estava Victoria, sua meia-irmã. Ela não era má como a mãe, apenas uma linda cabecinha avoada. Ela era tratada como uma verdadeira boneca pela mãe, que lhe dava tudo do bom e do melhor. Mariana via Victoria como um meio para chegar a um bom casamento.
E este bom casamento estava agora nas mãos calejadas de Kate, isso porque ela teria que assumir temporariamente o lugar da irmã ao lado do noivo dela. Não entendeu? Explico melhor.
Por conta de um pequeno acidente, o rosto de Victoria estava com problemas, e ela não queria em hipótese alguma aparecer desta forma na frente da família de seu noivo, Algernon Bennett, o lorde Dimsdale.
Na humilde opinião de Kate, ele não passava de um paspalho, mas por incrível que pareça, ele e sua irmã se amavam de verdade.
O problema aqui, é que para se casar, Dimsdale precisaria ter a aprovação do tio dele, um príncipe de um pequeno país. Ele é o único parente por parte da família materna dele que morava na Inglaterra, e sua mãe não lhe daria sua herança se este seu tio não aprovasse o casamento. Por isso a tensão em torno deste encontro.
Acontece que para Kate, Victoria era uma verdadeira beldade, daquelas belezas sem igual, enquanto ela era apenas ela mesma... Ainda mais sem todos os adornos que Victoria tinha acesso.
Mas Mariana tinha um trunfo em mãos para que Kate aceitasse tomar o lugar da irmã e enganar o príncipe e não se fez de rogada em usá-lo.
Sem outra alternativa, ela e Dimsdale, que estava ciente de tudo, partiram para o castelo Pomeroy onde seu tio morava. Aliás, o castelo era uma verdadeira Babel ambulante, visto que lá, sob os cuidados do príncipe estavam vários de seu parentes que de certa forma tinham sido negligenciados pelo grão duque Augustus, irmão mais velho do príncipe. Por isso, agora, todos estavam aos cuidados e responsabilidade de Gabriel.
Gabriel que tinha o pomposo nome de Gabriel Augustus-Frederick William von Aschenberg of Warl-Marbug-Baasfeld era o irmão caçula do grão duque, e dava graças a Deus por isso, pois assim não teria sobre seus ombros a tarefa de governar um pequeno país.
Em contrapartida, isso também lhe colocava nas mãos um problema e tanto, pois como tomou para si a responsabilidade daqueles parentes desgarrados e que não tinham nem para onde ir e nem como se sustentar, ele precisaria se casar com uma jovem rica. Assim, além de garantir o sustento de todos do castelo, também garantiria que ele poderia voltar a sua grande paixão, escavações históricas.
Por este motivo, ele estava prometido à jovem lady Tatiana, uma herdeira russa de quem ele nem fazia ideia da existência até alguns dias.
Seu plano era se casar com ela, e depois de garantir que todos estavam bem e a salvos, partiria para Cartago e suas escavações. Neste meio tempo, ele conheceria a noiva de seu sobrinho e lhe concederia, ou não, a permissão para casar.
E assim meus amigos, os caminhos de Kate e Gabriel se cruzaram, mas ela na pele da Srta Victoria Daltry.
Gabriel notou que Kate era muito diferente da moça que estava esperando, e muito inteligente também. Inteligente demais para se apaixonar pelo tonto do sobrinho. Inteligente e linda, uma combinação bombástica que mexeu com o príncipe. 
Ela também percebeu que aquele príncipe de modos um tanto bruscos e que estava claramente se casando por dinheiro, guardava em seu coração motivos bem nobres para tal gesto.
Com a pequena convivência, logo a atração deles foi se mostrando, deixando Kate desesperada e perdida, pois como Victoria, qualquer passo em falso, ela estaria condenando a própria irmã.
Mas como todo conto de fadas, temos também uma fada madrinha. Ok, esta nossa fada é um tanto quanto desbocada e desmiolada, mas completamente adorável no seu jeito de pensar e viver. E bem ali, no castelo de Pomeroy, Kate descobriu mais uma parte do passado de seus pais, e com isso, a identidade de sua madrinha: lady Henry Wrothe.
Henry tomou para si a responsabilidade de acabar com o sofrimento de Kate, e também de arranjar-lhe um bom casamento.
Mas antes que uma confusão maior acontecesse, tanto lady Victoria, quanto lady Tatiana (a tal prometida do príncipe) chegaram ao castelo, e pelo visto, aquele conto de fadas estava prestes a chegar ao fim. E tanto Gabriel, como Kate, teriam apenas uma noite para resolverem seus problemas e decidirem o que queriam para si.
Uma pena que nem tudo se resumia apenas a eles dois, pois Gabriel tinha uma enorme responsabilidade, bem condizente com seu título de príncipe. 
Se vai existir um final feliz para estes dois? Sinceramente não sei. Ainda mais se eu disser para vocês, que lady Tatiana é uma linda e adorável jovem, capaz de conquistar o coração de qualquer jovem...
Estou adorando esta série de contos de fadas em romances e época. Desta vez, Kate e Gabriel formaram uma dupla bem parecida em sua essência, pois ambos aceitaram abdicar de seus sonhos para proteger pessoas que estariam vulneráveis sem a presença deles. Ambos são fortes e inteligentes, e estão em busca de uma vida melhor não para si mesmo, mas para pessoas que dependem deles.
Duas pessoas que roubaram a cena foi Wick, o mordomo de Gabriel, e Henry Wrothe . Na verdade Wick é muito mais que um simples mordomo, mas não convém explicar os motivos... Adorei seu humor ácido e sua língua ferina, sem contar sua inteligência. Ele e Gabriel são muito amigos, e isso é visível no texto. Henry também sai com cada uma, que é difícil não querer sua presença mais vezes na história.
Aliás, o texto prima mais uma vez por suas tiradas irônicas, muito boas e bem inseridas na história. Os diálogos entre Gabriel e Kate também 
É meus amigos, façam suas apostas e descubram como esta boa e gostosa trama vai terminar... Mais um conto de fadas, ou melhor, romance de época que indico.

Este livro foi lido para o Clube de Leitura da Editora Arqueiro, que aliás, tem investido muito neste gênero de romances de época. As meninas que foram ao clube gostaram da leitura, e como eu, esperam pelo próximo volume.

Perdeu a resenha do livro anterior? Então clique abaixo e leia!

19 comentários:

  1. Rose, parece ótimo esse! O tipo de livro que me faz rir. Amei o visual do blog, fazia tempo que não vinha aqui. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, faz um bom tempo! O livro é ótimo e uma delícia de ler.
      Bjs, Rose

      Excluir
  2. Oi!

    Estou louca para ler esse livro e o da "Bela e a Fera". Amo essas releituras, assim como amo contos de fadas. Espero ter a oportunidade de conhecer a obra em breve, pois sua resenha me deixou ainda mais curiosa.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim Fernanda, também gosto de releituras, e ambas estão ótimas.
      Bjs

      Excluir
  3. Eloisa como sempre maravilhosa em sua escrita! que romance bom!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Rose!
    Estou doida para ler este livro tbe.
    Dica anotada. Quero conferir a escrita da Eloisa.
    Eu AMO Clubes da Leitura. Acho que as discussões são ótimas!
    Muito bom seu post.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Não li esse livro, então não posso comentar mais a fundo. Mas já li ótimos comentários sobre essa leitura.

    Eu curtia muito clubes de leitura, atualmente não participo mais, pois o tempo reduziu e com isso minhas leituras estão mais seletas para o que realmente quero ler no momento.

    bjs.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Este livro já está na minha listinha, parece ser muito bom!
    Esses quotes incríveis! Estou muito ansiosa para poder ler!
    Beijos!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu amo romances de época e contos de fadas, quando eu soube dessa série que reunia as duas coisas fiquei muito feliz! Já li os dois volumes da série, e amei as tramas. Estou ansiosa pelo próximo volume, se não me engano, é inspirada em O patinho feio, né?
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rose! Tudo bem?
    Eu ando lendo muitos romances de época ultimamente (alguém devia ter me avisado antes o quanto os livros deste gênero são viciantes kkkk) e esse é um dos que está no topo da minha lista de desejados. Cinderela sempre foi minha princesa preferida, então, fico de olho nas releituras.
    Pelo que percebi lendo sua resenha, parece que esse livro é muito divertido e apaixonante. Adorei o enredo e estou muito curiosa para saber mais sobre os personagens, especialmente essa fada madrinha tão desmiolada.
    Amei a resenha e já anotei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Dei um tempo nos livros de romances, mas gostei muito da sua indicação e já anotei ele na minha listinha, assim que voltar a ler vou começar por ele.

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ola
    Gosto uito de contos de fadas, assistia sempre quabdo era criança, e consequentemente, leio os livros do gênero quando vejo. Esses dois estão na minha lista de presentes de aniversário e espero muito ganhar hahaha.
    Anotei a dica e gostei da resenha.
    Bjus

    ResponderExcluir
  11. Olá Rose!
    Apesar de adorar o enrendo e uma releitura, esse livro eu gostei da história, mas não conseguiu superar tudo o que senti quando li Quando a bela domou a fera. Porém, estou curiosa com A duquesa feia, torcendo muito pra ser fantástico, já que Eloisa tem uma escrita muito envolvente.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Rose, gosto muito de contos de fada, mas de romances de época nem tanto. Não sei lerei essa série, mas fico feliz por ela estar te agradando!

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem Rose?

    A sua resenha ficou muito boa, está de parabéns. Eu acho interessante releituras, gosto de contos e de fadas também, mas essa série não pretendo ler, a Grazi ficou responsável por ler e resenhar para a Arqueiro. Ela adorou!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Olá Rose,
    Adoro a forma inusitada como os livros dessa autora parecem ser bem construídos e desenvolvidos. Fiquei muito contente por conhecer suas impressões e por saber que a fada madrinha é desbocada, adoro essa personalidade em personagens assim! Fiquei bem intrigada para saber o que acontece, se eles conseguem ficar juntos e como tudo se resolve. Você pode me dar um exemplar, porque eu fiquei MUITO curiosa para ler rs.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  15. olá, Rose... nossa, os mordomos sempre melhores pessoas HAHAHAHAHA
    bem, não curto o gênero, mesmo sendo uma releitura de um conto de fadas, não é minha praia, confesso....
    bjs...

    ResponderExcluir
  16. Pensa em alguem que ama releituras!! Sou eu mesma. Sou completamente apaixonada por contoa de fadas e em como vc pode explorar esses mundos em livros. Esse ta na minha losta faz tenpo× ❤

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.