#Resenha O Sol Também É Uma Estrela

Oi amigos, hoje tenho para vocês a resenha de um livro que há tempos está parado na minha estante, e cuja a capa sempre me encantou. Espero que gostem!
O Sol Também É Uma Estrela - Nicola Yonn
288 páginas - Editora Arqueiro
ISBN-13: 9788580416589
ISBN-10: 8580416582
O livro narra o encontro de dois jovens que se cruzam por um acaso nas ruas de Nova York. Natasha (Tasha) é uma imigrante ilegal jamaicana. Ela chegou aos EUA aos 8 anos, pois seu pai tinha o sonho de se tornar um ator reconhecido e famoso na Big Apple. Ele que no início veio sozinho, depois de alguns anos acabou cedendo e trazendo a esposa e filhos.
O sonho ficou nisso mesmo, um sonho, pois na prática nada aconteceu, e o resultado foi uma vida cheia de dificuldades, onde a mãe acabou virando o chefe da casa e tornando-se um pouco amarga. A situação acabou afetando o casamento e a admiração que os filhos tinha do pai. 
Tasha é prática e realista, não acredita na sorte, mas em fatos. Agora, prestes a ser formar, ela está vivendo o pior dia de sua vida, pois por conta de uma irresponsabilidade paterna, ela e toda família estão há algumas horas de serem deportados...
Na outra ponta, temos Daniel, filho de imigrante coreanos, ele é americano, e seus pais possuem uma loja de produtos afro-americanos. Daniel não viveu a pobreza dos pais e avôs, mas sente na pele a divisão de valores. Seus pais depositam nele e no irmão (que ele odeia) uma enorme expectativa, não dando margem a sonhos. Aliás, o sonho de Daniel é ser poeta, mas ele nunca se permitiu isso. Tanto que está há algumas horas de sua entrevista para entrar na Universidade de Yale para fazer Medicina. Medicina, este sim, um sonho... do seus pais...
Estas duas vidas, completamente diferentes, acabam se encontrando no metrô quando Tasha está indo para uma entrevista de imigrantes ilegal, uma forma desesperada de permanecer nos EUA, e Daniel para sua entrevista para Yale. 
Daniel fica encantado por Tasha, e mesmo sem querer, acaba seguindo-a. na verdade, eles estão indo na mesma direção. Seria Destino?
Fato é que por conta desta coincidência, Daniel acaba salvando a garota de um atropelamento. O resultado disso, foi que eles engataram uma conversa, onde Daniel e todo seu lado poético declarou que eles com certeza foram feitos um para o outro. (fofo!)
Entra em campo o lado prático de Tasha, que claramente não acreditou em nada em Daniel. Ainda mais quando martelava em sua casa o fato de está indo embora do país que tinha como casa.
Daniel não desiste e afirma que só precisa de algumas horas para fazer Tasha se apaixonar por ele. O resultado disso? Um dia completamente fora do padrão na vida e Tasha e Daniel. Ambos acabam saindo de suas zonas de conforto e encarando a realidade do momento, onde os sonhos que tinham deram lugar para sonhos que estavam escondidos em seus corações.
Do sonho para a realidade, e o resultado é um final apaixonante, onde o destino dos dois já está traçado, independente do que possa acontecer ou parecer. Simplesmente lindo!
Com personagens bem caracterizados e acima de tudo, reais, meu primeiro contado com a autora foi muito positivo. Os capítulos são bem curtos, e cada um é narrado por um personagem diferente. Aliás, todos os personagens do livro acabam contando um pouco da história, assim o leitor conhece a versão de cada um deles. Fato mais do que interessante, ainda mais para mim, que adoro a narração feita por mais de um personagem. Outro ponto positivo é o fato dos personagens principais não serem os que normalmente vemos nas histórias, pois temos de uma lado uma negra e do outro um descendente de coreanos.
Apesar da história acontecer em um dia, as coisas não foram corridas, não houve um atropelamento dos fatos. Até o envolvimento do casal foi crível, mesmo cercado de poesia.
Uma leitura leve e rápida, que trás um sopro para a realidade muitas vezes pouco poética, mas que ensina que mesmo a poesia, precisa também de um pouco da realidade. Ou seria o contrário? Leia e comprove!
Não sei vocês, mas sou apaixonada por esta capa, e na época do lançamento do livro achei super interessante a forma que ela foi feita. Por isso, fui lá no canal da editora para trazer para vocês o making the cover. E quem quiser saber mais do livro, pode visitar seu hotsite.
Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário Livreando 2018 (#DLL2018) no item "Livro com  capa colorida". Para ler mais resenhas deste desafio, basta clicar na imagem abaixo:

8 comentários:

  1. Nicola é uma autora fantástica, seus livros e enredos são ótimos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi minha primeira experiência e gostei muito.
      Bjs, Rose

      Excluir
  2. Gente eu to muito curiosa pra ler esse livro! Eu li o Tudo e Todas as Coisas da autora e já corri pra comprar esse. A sinopse parece muito interessante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanna, não li este outro, mas sei qual é e tenho interesse.
      Bjs, Rose

      Excluir
  3. Oiê! Eu ainda não tive nenhuma experiência com as obras da autora, mas adorei a premissa do livro, que é bem diferente e com personagens totalmente fora do comum. Apenas fiquei um pouco incomodada com o fato do livro se passar em um único dia... Mas eu poderia superar isso para lê-lo. Também adorei a forma como a capa foi feita!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabela, a princípio fiquei meio com um pé atrás em relação a isso também, mas acabou que achei bem construído o enredo, apesar de ser em um dia.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Oii Rose tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro menina, com toda certeza adoraria ler e diante de tantas coisas lindas que ela ensina, ainda mais que seja apenas um dia, muita coisa para nos revelar.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgs, leia sim, vale a pena.
      Bjs, Rose

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.