#Resenha Feliz Natal, Alex Cross

Oi amigos, mais uma resenha da série Alex Cross, que para quem não conhece é um grande detetive criado por Jamens Patterson. Vamos conhecer melhor um pouco deste livro?
Feliz Natal, Alex Cross - #19 Alex Cross - James Patterson
176 páginas - Editora Arqueiro
Em plena véspera de Natal, o que mais Alex Cross deseja é está reunido com sua família ao redor da mesa, em paz, cercado de comida e carinho.  Mas estes não são os pensamentos de muitos criminosos que mesmo no Natal não tiram férias. 
E, em uma noite onde o certo era está em casa, Cross e seu amigo Sampson, vão até a Igreja de Saint Anthony do padre Harris tentar descobrir e prender o ladrão que estava levando as doações da paróquia. Um caso simples e rápido, mas que foi apenas o começo de uma noite complicada...
De volta para casa e acreditando que terá o Natal que deseja, Cross é chamado as pressas para ajudar em um caso de comoção nacional.
Henry Fowler, que outrora fora um grande advogado criminal reconhecido por vencer grandes casos, mantém seus filhos e sua ex-esposa, assim como o atual marido dela e a esposa do deputado  Michael  Brandywin como reféns. Ele ameaça matar a todos e a si mesmo.
Cross conseguiu que Fowler o recebesse dentro da casa, e pode conversar com o ex-advogado cara a cara, percebendo que as coisas não estavam unicamente resumida no que ele em sua loucura, alimentada por muita droga, estava dizendo. Havia mais coisa escondida nesta história, resta saber o que...
Cansado e correndo contra o tempo, pois a vida do oftalmologista Dr. Barry Nicholson, atual marido da ex-mulher de Fowler, estava se esgotando. Em uma cartada decisiva e arriscada, ele coloca a própria vida em perigo na tentativa de salvar a todos.
Mas não pensem que a noite de Cross para por aí, longe disso... Após perder a véspera de Natal com a família, por causa do caso com reféns, ele é chamado pelo FBI para seguir até a Estação Union Station, onde as câmaras de segurança identificaram Hala Al Dossari, uma terrorista muito procurado pela segurança americana.
De mãos atadas, cansado e ainda com o caso de Fowler em mente, ele se dirige à estação, e junto com uma equipe de agentes, tenta descobrir onde Hala está e o que ela está planejando. Na verdade, eles tem fortes indícios de que ela irá explodir um trem de passageiros, por conta de um terrorista apreendido e interrogado há uns dias atrás.
Mas como ela fará isso e onde é um mistério que todos tentam desvendar. O problema é que Hala é uma médica de inteligência brilhante, e que está disposta a morrer por sua causa. O plano arquitetado por ela, está longe de ser descoberto a tempo. 
Sabendo disso, o agente do FBI responsável pelo caso, está disposto a tudo para evitar que algum americano morra neste Natal, mesmo que para isso ele tenha que usar técnicas que fogem do ideal defendido pelos EUA. 
Em relação a isso, Cross nada pode fazer, apesar de saber que carregará em sua consciência o mesmo tipo de culpa que corroeu a alma do ex-advogado Fowler. Mas era isso, ou assistir de camarote a morte de milhares de americanos. Resta saber se o que descobriram realmente é a verdade dos fatos, ou algo usado para desviá-los dos verdadeiros acontecimentos.

Uma leitura rápida e envolvente, que pela sucessão de acontecimentos, não dá muito tempo para o leitor pensar. São três histórias que envolvem o agente Alex Cross bem na véspera e dia de Natal. As três histórias são independentes, e não tem correlação entre si. Podemos até encará-las como contos, apesar de escritas em ordem cronológica dos fatos. Uma boa pedida não só para os fãs do detetive como para quem gosta do gênero policial.

Como eu disse no início da resenha, este livro faz parte da série Alex Cross. Eu não estou lendo a série em ordem, e apesar dos casos serem independentes, há fatos narrados ao longo de cada volume (ou pelo menos de alguns) da série que correspondem a acontecimentos passados. Ou seja, eu recomendo que a leitura seja feita pela ordem da série, não que para mim alguma coisa tenha atrapalhado. Sem falar que nem todos os livros dele foram lançados no Brasil. Abaixo vou deixar com vocês a relação dos livros já publicados aqui no Brasil.
TÍTULO ORIGINALANOTÍTULO NO BRASIL
EDITORA
Along Came a Spider1993Na Teia da Aranha
Best Seller
Kiss the Girls1995O Beijo da Morte
Best Seller
Jack & Jill1996Jack & Jill – O jogo da morte
Best Seller
Cat & Mouse1997Gato e Rato
Best Seller
Pop Goes the Weasel1999Caça ao Predador
Rocco
Roses are Red2000*-*
*-*
Violets are Blue2001*-*
*-*
Four Blind Mice2002*-*
*-*
The Big Bad Wolf2003*-*
*-*
London Bridges2004*-*
*-*
Mary, Mary2005*-*
*-*
Cross2006Um Desafio para Cross
Rocco
Double Cross2007Dupla Cilada para Cross
Rocco
Cross Country2008O Dia da Caça
Arqueiro
Alex Cross’s Trial2009*-*
*-*
I, Alex Cross2009Eu, Alex Cross
Arqueiro
Cross Fire2010Fogo Cruzado
Arqueiro
Kill Alex Cross2011Ameaça Mortal
Arqueiro
Merry Christmas, Alex Cross2012Feliz Natal, Alex Cross
Arqueiro
Alex Cross, Run2013Corra,  Alex Cross
Arqueiro
Cross My Heart2013*-*
*-*


29 comentários:

  1. Oiii Rose tudo bem?
    Eu tenho um livro do autor e nunca li hahaah que burrada né! Parece ser uma ótima pedida e adorei saber a sua opinião, gosto de assassinatos e suspenses!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgs, gosto muito dos enredos policiais e o Alex Cross é uma ótima pedida.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Oiê!
    Adoro histórias de detetives, mas confesso que as séries gigantescas me afastam! Talvez por isso ainda não tenha lido nada de Alex Cross! Não sei se você conhece, mas tem uma série que é da Nora Roberts chamada "Série Mortal" que é muito, muito grande e acabei desistindo no 3º volume, isso me deixou meio com preguiça dessas histórias =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, conheço sim a Série Mortal e acompanho, aliás, uma das minhas preferidas. Mas série longas dão um certo medo mesmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Me lembrou de um livro da rainha do crime, que gostei muito quando li. Não conhecia este livro, li Zoo do autor e confesso que me apaixonei, amei a escrita dinâmica dele, então esse é uma boa pedida para me aventurar dentro de um gênero que gosto tanto.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, conheço Zoo, mas não cheguei a ler.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Oiie
    Não li nada desse autor ainda, mas adoro livros nessa pegada. Fiquei bem curiosa pra ler, deve ser muito bom. Amei a resenha. E sobre a série, eu gosto de ler na ordem, costume meu kkkk mesmo que ler fora de ordem não interfira nas estórias. ADorei o post.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também prefiro ler em ordem, mas confesso que tem séries que acabo lendo fora de ordem mesmo.
      Bjs, rose.

      Excluir
  5. Nunca li nada do James Patterson, mas dizem que para aqueles que gostem de um suspense policial as obras do autor são imperdíveis. Será que rola começar por essa série ou seria melhor por um volume único? Pois a premissa desse livro me interessou bastante e me deixou na vontade de conhecer melhor esse autor.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thainá, difícil dizer, mas como você não o conhece, acho que livro único seria melhor.
      Bjs, rose.

      Excluir
  6. Eu tenho dois livros da série e até gosto bastante, eu quase comprei esse livro e agora que li a tua resenha me arrependo de não ter comprado hahaha esse é meu gênero literário preferido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz, uma pega que não chegou a comprar.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Amo essas leituras fluidas e rápidas. Ainda mais com esse ambiente de ação. Adorei a resenha, pois gosto muito. Obrigado pela indicação

    ResponderExcluir
  8. So Pra ver se já comentei

    ResponderExcluir
  9. legal que esse já é propício pra data de fim de ano hehehe
    queria poder ler tudo na sequencia correta mas de qualquer forma, pretendo ler o que puder dele...
    bjs :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostaria de ler na sequência correta...
      Bjs, Rose.

      Excluir
  10. Ainda vou ler algo do autor, já li várias resenhas a respeito de seus livros e apesar de não ser um tipo de leitura que eu goste, ainda assim acho que daria uma chance.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, vale pelo menos conhecer...
      Bjs, rose.

      Excluir
  11. Oie, tudo bom?
    Menina, eu nem sabia dessa série de livros, rs.
    Me chamou atenção o caso dos reféns, pois adoro ler sobre e ver se os policiais conseguirão salvar as vítimas. Adorei seu post, muito bem escrito ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, é uma série muito boa, uma pena que não temos todos os livros no Brasil.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu já vi vários comentários sobre essa série, mas confesso que não tenho muita curiosidade com ela, pois não sou muito fã de histórias de detetives e afins.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  13. Eu li um livro desse autor, mas acabei que não fiquei fã de sua escrita. Sobre o livro: Eu lembrei de Duro de matar, por causa desse dos eventos ocorrem na véspera de Natal. Se bem que Cross parece ter mais problemas de John McClane.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nilda, acho que o McClane tem mais problema, viu, sem falar que meio mundo quer matá-lo... kkkk
      Bjs, rose.

      Excluir
  14. Olá
    Quantos livros.... mas se for todos com essa pegada vale a pena. Gosto muito de livros de investigação e esse da resenha parece ser interessante, três casos independentes em uma noite? Dica anotada, com certeza irei ler.
    Bjus
    Jis Rocha
    Blog Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jis, pois é, vê que loucura?
      Bjs, Rose.

      Excluir
  15. Eu preciso urgentemente ler algo do autor.
    Sempre que encontro uma resenha fico com mais vontade hahaha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clayci, leia mesmo, é muito bom.
      Bjs, Rose

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.