#Resenha Pegando Fogo #13

Oi amigos, hoje vou contar para vocês um pouco do que achei da história da Nan, a maléfica personagem da série Rosemary Beach. 
Pegando Fogo #13 série Rosemary Beach - Abbi Glines
224 páginas - Editora Arqueiro
E chegou a hora de conhecermos a história de Nan. Sim, meus amigos, a mocrenta, odiosa, mimada e egoísta que é irmã do Rush e que adora infernizar a vida de todos ao seu redor, principalmente a de Blaire, sua cunhada.
Só para quem não sabe nada da série poder se situar melhor, Nan é filha de Georgianna, mãe de Rush, e cresceu achando que seu pai verdadeiro era Abraham (Abe), que é o mesmo da Blaire. Acontece que lá atrás, ela acabou descobrindo que seu pai verdadeiro era na verdade Kiro, companheiro de Dean, pai de Rush, na famosa banda Seacker Demon. Kiro também é pai de Hallow e Mase. Ou seja, ela é meia irmã de Rush por parte de mãe e de Hallow e Mase por parte de pai. E como nunca teve o amor de seus pais, acaba se ressentindo de tudo e de todos. Este seu comportamento "encantador" acaba afastando todos ao seu redor. Fato é que o único que a ama e cuida dela é Rush, motivo pelo qual nunca aceitou o amor dele por Blaire.
Nossa história começa com o relacionamento dela com Major Colt, primo de Mase. Major também é amigo de Capitão, e a convite dele está fazendo o mesmo serviço que acabamos conhecendo em O Último Adeus.
Nan e Major não estão em um relacionamento sério. Na verdade, Major é um tremendo galinha, e Nan sabe que ele sai com outra gurias além dela, e por hora, não está se importando muito. Ou é isso que diz a si mesma, pois com sua enorme carência emocional, o que ela mais deseja é que alguém a ame do jeito maligno que ela é.
Acontece que estas galinhagens tem tirado o foco de Major do serviço para o qual ele foi escalado: Nan! E quando ela resolve dar um basta neste relacionamento sem sentido que está tendo com Major, ele vê que sua missão pode está com um pé no fracasso.
Sem dizer nada, Nan parte para Las Vegas, para uns dias de farra. Lá ela conhece Gannon, um empresário extremamente sedutor e que tem nos olhos uma placa de perigo!!!!!
Os dois acabam se envolvendo e Nan percebe que está ficando caidinha por ele. O que não passa pela cabeça dela é que esta aproximação foi friamente calculada...
Quando Major descobre que Nan viajou, vai atrás dela, disposto a tudo para tê-la de volta, e não apenas pela missão em si. O que ele não contava era que Nan estivesse firme em seu desejo de não querer mais nada com ele.
Mas quando Nan percebe que Gannon é apenas mais uma decepção, Major pode está prestes a ganhar sua segunda chance e resolver seu caso.
Acontece que Gannon mexeu mesmo com Nan, e pela primeira vez ela não quer se contentar em ser apenas mais uma na cama de alguém. Recolhida em seus próprios pensamentos e sentimentos, Nan nem imagina a verdadeira história que envolve ela, Major e Gannon. Uma história que começou quando no passado ela se envolveu com Franco Levingston, o chefe do tráfico de drogas do reino Unido.
O mesmo passado que está prestes a explodir bem na sua cara, e que mudará a vida dos três para sempre...
O que dizer deste livro? Se eu gostei? Sim, mas com algumas ressalvas. Primeiro que não achei necessário a tal investigação em cima da Nan. É mais do que nítido que o que ela teve com Franco foi apenas um caso sem maiores consequências do qual ela pulou fora. Outra coisa que me incomodou foram os tais sonhos "bem calientes" que Nan tinha. Queria que alguém me explicasse como alguém poderia acreditar que aquilo poderia ser apenas um sonho... Nem em outro planeta...
Em compensação, gostei que Abbi não fez uma Nan arrependida ou mesmo boazinha. Ela continuou a mesma Nan que conhecemos dos outros livros, com a diferença de entendermos melhor seus motivos, apesar de não aceitá-los. Abbi também mostrou, ou melhor, Nan, pois a maior parte do livro é pela sua narrativa, seus desejos e a consciência de que era uma fdp que precisava mudar.

A leitura continua fluída e rápida, e apesar dos furos do enredo (sonhos e a investigação), ele não é entediante. Gostei do final, e da surpresa que Abbi reservou. Posso ter esperado mais do livro, mas não saí tão decepcionada da leitura.

E no início do mês a autora esteve no Brasil, e deu uma passada aqui em São Paulo. Eu, claro aproveitei e autografei dois livrinhos com ela:

Perdeu as outras resenhas da série? Então clica abaixo e confira!
#1 Paixão Sem Limites (Blaire e Rush)

E você, já leu o livro? Gostou? Acompanha a série? Qual seu livro preferido, ou casal preferido?

18 comentários:

  1. nunca li nenhum dos livros da abbi, mas de um tempo prá cá tenho tido bastante curiosidade
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita dela é bem fluída, acaba prendendo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Devo confessar que fiquei com inveja dos livros que você tem da autora ♥
    O que ela escreve não me encanta tanto assim, e por isso não tenho nenhum dos livros da Abbi. A Nan é mimada em todos os sentidos hehehehe, o legal que autora continuo com ela assim, acho que se mudasse as pessoas não curtiram a personagem.
    Em suma é um livro que parece gostoso de ler, quem sabe um dia não caio nos encantos né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe... E concordo, se ela mudasse isso na Nan seria bem estranho.
      Bjs Rose

      Excluir
  3. Oi amada, por ais que não seja muito chegada nos livros da autora, eu fiquei muito feliz de saber que tu teve a oportunidade de conhecê-la e achei ela linda demais! Ótima resenha e adorei a capa.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgs, obrigada pelo carinho. Conhecer um autor que gostamos é sempre bom.
      Bjs, Rose

      Excluir
  4. Oie amores,

    Desde a primeira vez que vi essa capa fiquei mega interessada em ler, vendo sua resenha fiquei ainda mais curiosa pra ler.
    Que tudo essa foto na Bienal, é tão bom né fotos com nossos autores lindos!
    Quotes maravilhosos.
    Não li nada da autora até então, mas já to por aqui curiosa!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Grazi, se tiver oportunidade, leia sim, mas já aviso que os livros melhoram muito desde o primeiro volume. E só para esclarecer melhor, não fui a Bienal, tirei esta foto na passagem dela aqui em São Paulo.
      Bjs, Rose

      Excluir
  5. Oi Rose!
    Essa série não me atrai nem pouco e o fato de ser série só piora (fujo de sequências sempre que posso) rs
    E que bacana ter aproveitado a vinda da autora, livro autografado não tem preço
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia, verdade, é tão bom ter aquele livrinho bonito com um autógrafo né?
      Bjs, Rose

      Excluir
  6. Oi, tudo bem? Achei a história muito rica em detalhes, confesso que quando comecei a ler a resenha me perdi um pouco e reli algumas partes, porque é tudo muito ligado na história.
    Gostei da sua resenha e espero um dia ler um livro da autora.
    parabéns pela resenha.
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Rose, só em ver o tamanho dessa série já me desanimei kkkk, mas de todo modo não é o tipo de leitura que me atrai e por isso não tenho nem o que comentar sobre suas impressões. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Comecei a ler essa série, mas acabei não dando continuidade, o que pretendo mudar em breve. Estou curiosa para saber a história de Nan, pois a odiei desde que apareceu pela primeira vez. Fico feliz pela autora não ter tirando a essência maléfica da personagem, porque isso a descaracterizaria demais.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  9. Oi Rose,
    Eu odeio a Nan, acho que muitos leitores também nutrem esse mesmo sentimento. Fiquei decepcionada com sua resenha, pois só por ela achei super desnecessário essa investigação e problemas em torno da Nan. Não gostei e já sei que não vou ler ou vou me decepcionar 😂😂
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. a série é enorme e confesso que tentei ler outro livro de Abbi mas a escrita dela não me agradou...bacana que vc curtiu a história dessa personagem tão odiosa hahaha
    que bom que vc pegou autógrafo com a autora, ne? ainda tirou photo :)

    bj, Rose...

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca vou conseguir ler nada dessa autora, li o primeiro e foi um daqueles livros que eu não consegui achar nenhum ponto positivo, por isso passo a dica.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  12. Oie
    muito boa sua resenha mas vou deixar a dica passar dessa vez, que bom que o livro te agradou apesar de vc esperar mais, mas imagino que ao longo da leitura eu iria me decepcionar mais

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Começo dizendo que continuo odiando a Nan mesmo depois de ler o livro dela... #NanRanço kkkkkk
    Mas a narrativa continua muito boa, afinal estamos falando da Abbi, quase infartei no final... kkk Bjkas

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.