#Resenha O Vilarejo

Oi amigos, hoje temos uma resenha da Rudy para vocês, não deixem de conferirem!

O Vilarejo Raphael Montes
96 páginas - Editora Suma de Letras
O autor é procurado por um dono de sebo que diz ter uns cadernos escritos em língua estrangeira. Os cadernos foram escritos por Elfrida Pimminstoffer e havia morrido há alguns meses com 102 anos.
Os cadernos eram escritos em Cimério, uma língua extinta. Um único estudioso da língua, Uzzi-Tuzii, negou-se a traduzir os cadernos e aconselhou que ele os ‘descartasse’; por sua insistência, Uzzi fornece um dicionário de cimério e o próprio autor se embrenha na jornada de traduzir os escritos.

Todos os contos se passam em um Vilarejo. São ligados aos Sete Pecados Capitais e cada um relacionado a um demônio:
1-) GULA – BELZEBU
2-) INVEJA – LEVIATHAN
3-) SOBERBA – LÚCIFER
4-) LUXÚRIA – ASMODEUS
5-) PREGUIÇA – BELPHEGOR
6-) GANÂNCIA – MAMMON
7-) IRA – SATAN

Os contos são apavorantes principalmente porque são ‘reais’...
” Com a ajuda de outros homens, amordaça o monstro. Cessa o grito ensurdecedor, que, anos depois, ainda reverberaria nas pessoas do vilarejo. Envolvem a cabeça do negro com um saco de batatas, escondendo das crianças as feições disformes. O corpo musculoso e descamisado treme no vento frio.” (pág. 33)

O que falar de um escritor tão jovem e tão inteligente? Sim, porque traduzir um livro com o auxílio de um dicionário de uma língua extinta, mostra a capacidade e a inteligência que o autor tem.

O livro é uma coletânea de contos que podem ser lidos em qualquer ordem, já que no final, tudo gira em torno do Vilarejo minúsculo, onde todos se conhecem e tem algum tipo de relacionamento, embora segredos sejam guardados.
Não comentarei conto por conto porque esse é um daqueles livros que tem de ser lidos para que possamos ter as sensações e entendimento do que eles representam. Apesar de poucas páginas, o conteúdo é profundamente intrigante e aterrador.
O que posso dizer então é que os contos são uma forma de ‘realidade’ que poderia acontecer perto de nós. Sim, porque tudo acontece devido a situações adversas e sob a influência da maldade que trazemos em nossos corações.
A mim ficou a impressão que devemos analisar nossos pensamentos e atitudes antes de julgarmos o comportamento alheio. Sentir o terror que o livro emana, nos faz repensar os vários comportamentos que temos diante das situações. Parabenizo o autor e como sempre digo, nada devemos aos escritores estrangeiros, porque temos muito bons escritores nacionais que superam os de fora. Livro mais que recomendado!

a Rafflecopter giveaway

20 comentários:

  1. Rose!
    Fico feliz em ver mais uma resenha minha por aqui...
    “Saber de cor não é saber: é conservar aquilo que se deu a guardar à memória.” (Michel de Montaigne)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que fico feliz em ter você aqui.
      Bjs!

      Excluir
  2. Olá, Rudy.
    Confesso que não achei os contos apavorantes. Muito interessantes, principalmente por demonstrarem os principais pecados e girarem em torno do vilarejo, mas apavorantes não.
    Quanto à edição, só temos que ficar maravilhados. A Suma fez um trabalho fantástico com o livro.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse livro parece ser a consagração do autor, sempre leio os melhores comentários possíveis!
      http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

      Excluir
  3. Oi, Rudy.
    Eu amei esse livro. Li inteiro enquanto estava na fila para pegar um autógrafo com o Raphael!! rs... E depois de ler esse livro, quero ler tudo o que ele escreveu!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis, lembro que você comentou o quanto gostou.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Eu não curto esse tipo de livro e não tenho interesse em fazer leituras assim, embora esse livro me deixe com uma certa curiosidade, eu não me imagino lendo principalmente pelas coisas horríveis que tem na história

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz, se não gosta não adianta forçar mesmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Olá :)
    Terror é um gênero que tenho bastante apresso <3 Esse livro está na minha lista de desejados a tempos.
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eli, espero que leia e goste.
      Bjs!

      Excluir
  6. Rudy, eu não sou de fazer esse tipo de leitura, mas fiz e o que falar?
    Foi um misto de medo e admiração, pois a história prende muito.
    As imagens me deram muito medo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que então cumpriu o que queria, pois te deixou com medo.
      Bjs, Rose

      Excluir
  7. Olá!!
    Eu não gosto muito de ler esse tipo de histórias. Não faze o meu estilo. mas, você desenvolveu muito bem a sua resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa, não é mesmo muita gente que gosta deste tipo de livro.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  8. Olá!
    Sou louca para ler os livros do Raphael sempre tão bem comentados e muitos indicam. Eu não sou muito de ler livros de terror, mas com esses estou mega curiosa. Muito legal o trabalho do Raphael. Espero ler esse ano ainda!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Tahis, não tive oportunidade de ler nada dele também.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  9. Acho a capa desse livro muito bonita, gosto do contraste do cinza com o vermelho. A premissa é incrível, tenho muita vontade de ler a obra. O problema é que tenho medo de que seja um terror muito pesado, pois sou meio impressionável. Um dia crio coragem e leio! haha

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana, tem muitas pessoas assim como você, como eu não li ainda, não posso dizer se é muito pesado.
      Bjs!

      Excluir
  10. Gosto de suspense!! E este é melhor ainda porque é escrito em contos, sete ao total. O livro está muito bem comentado, e o suspense é bom porque geralmente ele surpreende por mais que você saiba o que vai acontecer!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Francisca, o bom de livros de contos é que podemos ler um por dia e não cansar. Não vejo a hora de ler também.
      Bjs!

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.