#Resenha O Coração do Leão #2

Oi amigos, esta resenha de hoje era para ter sido publicado há muito tempo atrás, na verdade em novembro de 2015! Não me perguntem como, mas acabei esquecendo de fazer a resenha, e só fui perceber isso agora, quando fui fazer a postagem da resenha de O Leão Ferido. Apesar de lembrar do enredo, acabei achando que a resenha perdeu um pouco dos sentimentos que tive ao longo da leitura, e de antemão peço desculpas por isso. Mesmo assim espero que gostem!
O Coração do Leão - #2 série Signos do Amor - Mia Sheridan
240 páginas - Editora Arqueiro
Evie Cruise e Leo McKenna se conheceram em um dos diversos lares adotivos pelo qual passaram. Infelizmente estes lugares que em tese teriam que protegê-los, ampará-los e amá-los era apenas um local onde eles dormiam, pois aquele papel paterno e materno que tanto precisavam estavam longe de conhecer. 
Evie sofria muito com isso. Ela que não tinha uma boa auto estima, sentia-se inferior as outras meninas de sua idade, sendo sempre motivo de chacota na escola.
Quando ela conheceu Leo, o seu mundo mudou. Evie e Leo tornaram-se amigos inseparáveis, e Leo a defendia com unhas e dentes. Ele não aceitava que ninguém fizesse Evie sofrer. Para Leo, Evie era a sua fonte de calmaria. Para Evie, Leo era seu porto seguro.
Mas o que ninguém esperava aconteceu, e aos 15 anos Leo é adotado por uma casal, sendo obrigado a mudar-se para San Diego. Na bela despedida do casal uma promessa feita por Leo, que além de manter contato com Evie, viria buscá-la quando ela completasse 18 anos, por isso era para ela esperar por ele.
Apesar de tristes, eles se separaram com o coração cheio de esperança, afinal nada poderia ficar entre o amor deles. Mas as coisas não aconteceram como o planejado, e hoje, anos depois, lá estava Evie, sozinha, sem ter a mínima ideia do que tenha acontecido com Leo. Ela não pensava muito sobre isso, mas a verdade é que Leo não cumpriu nenhuma de suas promessas, e ela aprendeu a viver sem ele.
Evie manteve seu coração meigo e em paz, e distribuia gentileza por onde passava. Evie agora trabalhava como arrumadeira em um hotel. Morava de aluguel em um apartamento não muito longe do emprego e cultivava amizades fiéis. A vida pode não ter sido fácil, mas ela estava saindo-se bem e estava feliz. O que ela não imaginava era que Leo estava no momento bem próximo dela...
Sentido-se vigiada, Evie resolveu encarar seu perseguidor e descobre que Leo antes de morrer havia enviado seu amigo Jake Madsen para ver como ela estava. Aquele desconhecido estava dando a Evie uma notícia que ela não esperava, e que lhe tirava o chão. Evie também não sabia explicar, mas algo em Jake lhe despertava confiança e segurança.
Jake é um milionário que está assumindo os negócios do pai falecido. Ele mostra total interesse em Evie, que não consegue negar a atração que sente pelo belo rapaz. Jake estava disposto a tudo para proteger e ter Evie ao seu lado, mas ela não imagina os segredos obscuros do passado de Jake. Um passado que ainda está muito presente na vida dele, e que interferiu em suas decisões, levando o rapaz para o fundo do poço.
O coração de Evie, acaba se entregando, mas está muito próximo de descobrir a verdade sobre o afastamento de Leo e o passado de Jake. Será que Evie vai conseguir perdoar Jake? O amor por Leo falará mais alto no coração desta jovem cheia de vida?
O livro não trata apenas de um romance que nasceu na adolescência e cresceu. Mia coloca de uma forma firme, mas sem ser dura, temas como exploração de crianças, crianças órfãs e pedofilia. É lindo ver o amor entre Evie e Leo, e muito bonito também ver Jake conquistando o coração dela aos poucos, mas de uma forma definitiva. A ligação deles é forte, e está muito além da razão. Razão esta que Evie só vai saber muito depois.
Temos muitos clichês no livro? Sim temos, mas e daí? A autora soube desenvolvê-los de uma forma muito bonita, e mesmo quando eu sabia o que seria revelado, ainda assim, em nenhum momento a leitura ficou chata ou entediante.
Evie é encantadora, daquele tipo de personagem que ficamos torcendo para que tudo dê certo. Ela é boa, mas sem ser piegas ou chata. Leo é uma força da natureza que foi duramente ferido, mas que por amor à Evie não se entregou e por ela está voltando dos mortos. Um romance muito bonito, que me encantou desde o início.
a Rafflecopter giveaway

24 comentários:

  1. Oi, Rose.
    Ganhei um exemplar desse livro, mas até agora não tive a chance de ler o coitado! kkkk Já li várias críticas boas sobre esses livros e estou curiosa!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis, são gostosos de ler, fora que os personagens em questão não são chatos.
      Bjs!

      Excluir
  2. Oi, Rose.

    Comecei ontem a ler esse livro e não quero largar pois quero concluir a leitura hoje.


    Beijos,Lu
    Blog: Apaixonada por Romances “A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa apagar o caso escrito.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem gostoso de ler mesmo, fica difícil largar rsrsrsrs
      Bjs!

      Excluir
  3. Olá, Rose.
    Apesar dos muitos clichês no livro, o que não me agrada, acredito que daria uma chance à obra por causa do crescimento dos personagens como pessoas e do desenvolvimento do amor. Ademais, abordar a questão das crianças é um ponto positivo a mais.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil fugir dos clichês em livros como este, mas a autora desenvolveu bem o enredo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. também acho bonita essa construção do amor como forma de redenção e
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor deles é muito bonito mesmo.
      Bjs!

      Excluir
  5. Apesar de ter gostado bastante da sua resenha eu não leria o livro, creio que a história seria passante pra mim que não gosto muito do genero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, para quem não gosta, realmente não vale a pena mesmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. Oi Rose!
    Eu tenho esse livro, mas ainda não tive a chance de lê-lo, infelizmente. Caramba, você ainda lembrava do enredo depois de tanto tempo? Eu acabo esquecendo, a não ser que o livro me marque, que acho que foi o que aconteceu com você *----* Preciso ler!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, normalmente eu costumo lembrar sim, mas a lida do O Leão Ferido ajudou a lembrar um pouco mais do enredo.
      Bjs!

      Excluir
  7. Rose, eu estou acompanhando essa série e estou gostando muito da escrita da autora.
    Apesar de ter curtido o livro, A voz do arqueiro ainda é o meu favorito.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déborah, A Voz do Arqueiro eu não li, mas já estou vendo a compra para remediar isso.
      Bjs!

      Excluir
  8. Menina, eu tenho certa curiosidade de ler essa série. Não fazia ideia do que se tratava esse livro até ler sua resenha, e fiquei sim interessada! Se tiver a chance, vou ler com certeza. Ah, e nada errado com um bom clichê. Eu adoro!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen, eu também adoro clichês, ainda mais quando são bem desenvolvidos!
      Bjs!

      Excluir
  9. pra evitar esquecer, eu sempre deixo post its entre as páginas do livro, porque se eu esquecer de resenhar, releio essas anotações e dá pra refrescar a memória, mas pra quem ler há um tempinho, sua resenha passou bem as sensações que a leitura te trouxe...
    já tinha ouvido falar da série mas nao me animei pra ler nenhum dos títulos publicados até o momento, não sou muito fã de romances...
    bjs. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho o costume de colocar alguns post-it por conta dos quotes, mas acho que a leitura do livro 3 foi o que ajudou a passar as sensações melhores.
      Bjs!

      Excluir
  10. Oi Rose, achei legal a ideia da autora em usar como inspiração os signos do zodíaco como fundo para a série, mas confesso que não me interessei muito pela história em si.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Quel, este é um bom diferencial mesmo. Confesso que quando a série foi lançada não me empolguei tanto, mas como acabei ganhando este livro, decidi ler e acabei gostando.
      Bjs!

      Excluir
  11. Oie
    Já vi bastante comentarios sobre o livro e me interessou, mas ao mesmo tempo não tenho vontade de ler. Achei legal a autora fazer um livro assim e colocar os signos no meio e tals, quero ler, mais não uma vontade loca! Quem sabe um dia.
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Brubs, entendi, tem livros que sou assim também. Quando ler, espero que goste.
      Bjs!

      Excluir
  12. Me pareceu uma história muito bonita e gostosa de ler, mesmo com os clichês. Essa questão do orfanato gera fortes emoções e só de pensar no que Eve passou, sozinha e sem ninguém, esperando por uma promessa que nunca se concretizou... é de arrasar.

    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erica, é triste mesmo a parte dos orfanatos, mas Eve saiu-se muito bem.
      Bjs!

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.