#Resenha O Cirurgião #1

Oi amigos, o mundo dos que amam livros é incrível, e através deles eu tive e tenho a chance de conhecer não só autores novos para mim como também pessoas que como eu adoram ler. Como sempre saio com um livro em mãos, isso acabou me trazendo uma sugestão de leitura que estou dividindo com vocês. A indicação veio de uma moça que conheci por um acaso e que me indicou os livros da Tess Gerritsen, pois comentei com ela que romance e policial são meus gêneros favoritos. Espero que gostem!
O Cirurgião #1 série Rizzoli & Isles - Tess Gerritsen
386 páginas - Editora Record
Um criminoso frio e cruel que a imprensa apelidou de "Cirurgião" está a solta nas ruas de Boston. Para solucionar o crime, a detetive Jane Rizzoli é colocada a frente das investigações.
Mas o crime sofre outras ramificações, e uma equipe com mais investigadores é montada e dentro dela está o detetive Thomas Moore. Morre já teve envolvido em um caso muito parecido com o atual.
Conforme as investigações avançam a equipe percebe que tudo pode está ligado a outros casos, em especial um que aconteceu há dois anos. Catherine Cordell, uma renomada cirurgiã fora a última vítima na época.
Um colega de trabalho, Andrew Capra, depois de dopá-la a estuprou, e só não fez pior porquê ela conseguiu se soltar e matá-lo. Isso acabou pondo fim a assassinatos macabros que vinham ocorrendo em Savannah, onde as vítimas eram dopadas, estupradas e depois tinham seu útero retirado. Com a morte de Capra, estes crimes puderam ser solucionados.
Cordell acabou se mudando para Boston e seguiu com sua vida, construindo ao redor de si uma fachada de força e confiança, mas ela mesma não se permitia confiar em ninguém. Única sobrevivente na época dos atentados, ela não vestiu a máscara de vítima.
Agora, dois anos depois parece que o pesadelo quer voltar. Novas vítimas estão aparecendo com as mesmas características dos assassinatos de Savannah. Mas como isso seria possível se Cordell matou Capra? Seria um imitador? Mas como se alguns fatos dos crimes foram mantidos em sigilo?
De concreto mesmo a polícia tinha em mãos um criminoso extremamente organizado, meticuloso e calculista, e que de alguma forma tinha Cordell como centro de sua loucura.
Rizzoli não engole muito bem o fato da doutora não lembrar pontos chaves da trágica noite. Moore é um pouco mais condescendente e procura outra linha de investigação. talvez isso não seja apenas condescendência, afinal todos já estavam cientes do interesse dele na doutora e vice-versa.
Isso aliás deixa Rizzoli p. da vida, pois ela achava que Moore estava acima destes clichês. Na verdade nossa detetive tinha um problema com ela mesma, pois apesar de muita inteligente e extremamente competente, era feia e sempre era motivo de piadas de seus amigos de farda por conta de ser mulher. Nem mesmo seus pais levavam seu trabalho a sério. Se de um lado isso era um problema, de outro ela usava este ressentimento como um impulso para ser ainda melhor que os outros.
Conforme os dias passam, o criminoso fica mais audacioso e ainda mais perto de Cordell, o que acaba por desestabilizá-la. Rizzoli é afastada do caso por conta de um erro cometido, o que a deixa revoltada, principalmente com Moore. Mas é em Cordell que ela descarrega sua raiva, dizendo algumas verdades e escutando outras tantas.
Moore não fica impune a seus atos e acaba sendo realocado para outro ramo da investigação. E é justamente de onde menos se espera que surgem as primeiras pistas concretas. Moore está muito perto de descobrir o nome do serial killer, mas isso pode ser tarde demais para Cordell. Rizzoli que não está a fim de largar o osso e muito menos de vê sua carreira destruída, segue seus instintos e isso a coloca muito próxima do assassino e de sua própria morte.
O tempo de Cordell está acabando e a seu favor apenas as palavras de Moore: "o cirurgião alimenta-se do terror, ele ataca mulheres que estavam abaladas que eram vítimas. Mulheres a quem se julgava superiores."
Ela poderia morrer, mas não ia se entregar tão fácil. No que poderia ser seu último suspiro, as cenas de Cordell são de tirar o fôlego. Será que a polícia vai chegar a tempo? Quem é o cirurgião? Por que Cordell é tão importante para ele? Qual a ligação dos assassinatos? O que vai acontecer com Rizzoli?
Um livro eletrizante, que me deixou arrepiada, ainda mais quando eu lia os pensamentos do assassino. Para quem gosta do gênero não pode deixar de ler.
a Rafflecopter giveaway

26 comentários:

  1. Rose!
    O livro parece eletrizante de verdade.
    Faz tempo que não vejo um livro policial tão bom e já fiquei doidinha para ler.
    “Saber amar não é amar. Amar não é saber.” (Marcel Jouhandeau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, leia, vai gostar!
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Tess parece ser daquelas autoras que dão um nó na cabeça da pessoa tentando desvendar o mistério, livros assim são gostosos de ler
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, eu sou suspeita em falar, pois amo o gênero policial.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Oi Rose
    A ganhadora do Top Comentarista do Mês de fevereiro do meu blog pediu este livro como prêmio. Eu não sabia que era tão interessante, na verdade nem sabia do que se tratava, por isso gostei tando de ler sua resenha.
    Abraços,

    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Sorteio do KIT Jovens de Elite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisela, que coincidência! A autora me foi recomendada pela dona de uma loja de gesso, quando fui comprar umas placas aqui para casa. Li este primeiro e agora pretendo ler os outros.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Oiii, tudo bem?
    Que livro é esse menina? eu nunca tive a oportunidade de ler, e para ser sincera nem conhecia a obra, no qual me deixou bem louca aqui, tem um livro que eu li a uns dois anos atrás, não me lembro o nome que é bem assim, o suspense tudo que pode acontecer. São uns dos meus gêneros favoritos.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Morgana, eu conheci a obra por indicação da dona de uma loja de gesso. Ela assim como nós é louca por livros e o policial é o gênero favorito dela. Agora quero ler outras obras da Tess.
      Bjs!

      Excluir
  5. Tem alguém que nos indique livros é sempre bom. E eu sou apaixonado por policial também, meu gênero preferido. E sobre a história, parece ser algo bem massa de ler, no momento estou lendo aqueles livros mais leves... Mas eu fiquei super curioso para saber mais sobre o livro, saber o final e o que vai acontecendo com os personagens.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nerd, anote o título viu, você que gosta de policial vai gostar do livro.
      Bjs!

      Excluir
  6. parece ser uma boa leitura, apesar de vários elementos clichês... não sei se foi sua resenha, mas a impressão que tive é que a leitura é bem alucinante, e se for, eu gostaria de ler ^^
    fiquei super curiosa pra saber o desfecho...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, a leitura é boa sim, não foi só mérito da resenha rsrsrsrs.
      As horas em que era o psicopata falando dava até frio na barriga!
      Bjs!

      Excluir
  7. Rose, nunca tinha ouvido falar desse livro e ele não me interessou.
    Não faz meu estilo de leitura.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, Déborah! Fica para a próxima!
      Bjs!

      Excluir
  8. Hello!
    Sou igual a vc, amo um romance policial e esse O Cirurgião parece ser de tirar o folego, do jeito que me prende a atenção por horas.
    A ideia de ler os pensamentos do assassino sempre nos deixa em choque, é tanta coisa q se passa na cabeça de alguem assim ne?
    A capa nao gostei mto, mas achei bem interessante a historia.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy, a capa eu também não gostei muito, mas leia, pois o enredo é bom.
      Bjs!

      Excluir
  9. Um mistério é sempre bem-vindo!! Agora quero saber quem está por trás de tudo isso heeheheh
    beijoss
    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso não posso contar, mas leia que vai gostar.
      Bjs!

      Excluir
  10. Olá Rose, adoro mistérios, mas confesso que quando olhei a capa pensei em vários temas que esse livro poderia abordar, mas que se tratava de um romance policial, isso nunca...kkkk

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Quel, é verdade a capa não remete mesmo a um policial.
      Bjs!

      Excluir
  11. Oi Rose, eu também amo gênero policial e ainda não conhecia a obra e com certeza vou colocá-lo na minha lista de indicações, pois o enredo parece ser incrível!!! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é mesmo Gleyse, espero que leia e goste!
      Bjs!

      Excluir
  12. Eu li esse livro, ele é muuuito booom! Foi ele que me fez admirar a Tess e querer ler todos os livros dela!
    Eu comecei a ler esse livro e não consegui parar mais. Impressionante como foi tão bem escrito e nos deixa arrepiados!

    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Erica, pricipalmente nas partes da mente do criminoso. Também quero ler outros livros dela.
      Bjs!

      Excluir
  13. Oi, Rose.
    Tenho todos os livros dessa série já publicados por aqui e gosto muito da escrita da Tess... Só preciso arrumar tempo para ler tudo!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tempo é artigo de luxo para leitores vorazes como nós... kkkkk
      Bjs!

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.